Publicidade

Fapes prorroga prazo do Edital Universal para 30 de abril

Edital investe R$ 7,5 milhões em projetos de todos os segmentos da comunidade científica definidas pelo CNPq

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) prorrogou o prazo para submissão de propostas do Edital Fapes nº 03/2021, o Edital Universal, que oferece um investimento de R$ 7,5 milhões em projetos de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação. O valor é o maior já investido pela Fundação na modalidade Edital Universal.

“O Edital Universal é um grande investimento do Governo do Estado, não apenas na pesquisa, ciência, tecnologia e inovação, mas sim no desenvolvimento do Espírito Santo de forma geral, já que atende a todas as áreas do conhecimento definidas pelo CNPq. A partir deste edital, teremos em médio prazo soluções palpáveis e práticas, construídas em conjunto entre governo e centros de pesquisa. Uma ação que reforça o compromisso e a dedicação do governador Renato Casagrande em investir em inovação, com vistas ao desenvolvimento capixaba. Acreditamos fortemente que editais de incentivo como este são parte relevante do caminho rumo ao desenvolvimento”, afirmou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico, Tyago Hoffmann.

O prazo, que se encerraria na próxima segunda-feira (19), foi prorrogado até o dia 30 de abril, após decisão da diretoria da Fapes. “A Fapes, enquanto a ‘casa’ do pesquisador, tem buscado não somente apoiar as atividades relacionadas à pesquisa em geral como também ampliar o diálogo entre os pesquisadores e a instituição. Nós acreditamos que somente por meio do entendimento das potencialidades e restrições de cada parte é que alcançaremos melhores resultados. Assim, considerando que grande parte dos possíveis participantes do Edital Universal está envolvida com programas de pós-graduação e, consequentemente, está comprometida com o preenchimento do sistema Sucupira da Capes, que avalia dados de pós-graduação, nos foi solicitada a prorrogação que, constatada a viabilidade, nós aprovamos”, pontuou a diretora presidente da Fapes, Cristina Engel.

A diretora presidente ainda comentou: “O Universal é o edital mais democrático que nós temos, visto que dá a possiblidade de participação de todas as áreas do conhecimento. É fundamental que possamos criar todas as condições para oportunizar o acesso ao maior número de pessoas possível”.

O recurso financeiro é oriundo do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec) e a chamada contempla projetos de todas as oito áreas de conhecimento, definidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). São elas:

·         Ciências Agrárias;

·         Engenharias;

·         Ciências Exatas e da Terra;

·         Ciências Humanas;

·         Linguística, Letras e Artes;

·         Ciências da Saúde;

·         Ciências Sociais Aplicadas;

·         Ciências da Vida.

Projetos coordenados por pesquisadores, mestres ou doutores, vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas ou de Inovação (ICTs), públicas ou privadas sem fins lucrativos, localizadas no Estado, podem ser submetidos por meio do Sistema de Informação e Gestão de Projetos de Pesquisa (SigFapes), pelo site www.sigfapes.es.gov.br, até as 17h59 do dia 30 de abril de 2021.

As propostas devem ter prazo de execução de 24 meses e estarem inscritas em uma das seguintes faixas:

A.      Exclusiva para coordenadores (as) Mestres;

B.      Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há, no máximo, 10 anos;

C.      Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há mais de 10 anos.

Os projetos poderão ter valor individual de R$ 45 mil a R$ 80 mil, a depender da faixa inscrita. Os recursos podem ser utilizados para custeio, capital e bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (ICT) e de Apoio Técnico Nível Superior (AT-NS). Vale destacar que, no caso das faixas B e C, também poderão ser financiadas bolsas de Mestrado (ME).

Interior

Estimulando a interiorização das atividades de pesquisa no Espírito Santo, 30% dos recursos financeiros disponibilizados para o Edital Fapes nº 03/2021 – Universal deverão ser destinados, prioritariamente, a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições localizadas fora da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Para a definição da ordem de classificação das propostas, por faixa, também serão consideradas as áreas de conhecimento inscritas, de modo que todas as grandes áreas com propostas submetidas tenham, ao menos, uma proposta contemplada, caso haja recurso financeiro disponível para tal.

Maternidade

Outra novidade importante do edital é a aplicação da resolução CCAF nº 278, de 03 de dezembro de 2020, que estabelece critérios específicos de avaliação da produção técnico-científica, em razão do advento de prole. Ou seja, as pesquisadoras que se tornaram mães até cinco anos antes da data de publicação do edital, podem receber acréscimo de um ou dois anos no período considerado para a análise da produtividade.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade