Família Taylor se encontra e festeja imigração Inglesa em Piúma

Os Taylor’s se encontraram no Porto, em Piúma, em uma grande festa, se abraçaram e partilharam juntos

A 1ª Festa da Colonização Inglesa em Piúma, com o Encontro da Família Taylor ocorreu no último dia 21, no Porto. A festa foi um grande encontro onde a emoção tomou conta de todos os que marcaram presença. “Foi emocionante para todos que participaram, pois puderam relembrar desde a saída dos ingleses para o Brasil, como também a trajetória do patriarca da Família em Piúma, o Sr. Jhon Henry Taylor (João Henrique Taylor)”, disse Fernanda Taylor, uma das organizadoras.

A confraternização acabou em uma grande partilha, onde as famílias puderam se abraçar, matar saudades e se conhecer mais, uma vez que, nunca estiveram juntos para festejar.

 Os Taylor’s em Piúma

Como se sabe, a família Taylor é marcante em Piúma, foi uma das primeiras que chegou da Inglaterra a se fixar na cidade. John Henry veio da Inglaterra com seus pais e três irmãos, Alfred, Emma e Izabel. No mesmo navio vieram várias famílias inglesas, dentre elas: Taylor, Thompson, Owens, Aowson, Pacca, Oser, Oaks, Ombre.

Logo que chegaram ao Brasil, no porto da Bahia, perdeu seu pai Henry Taylor. Com sua mãe Sarah e seus três irmãos, Alfredo, Emma e Izabel, vieram para Piúma. Assim que chegou aportuguesou seu nome para João Henrique Taylor, e passou a gerenciar uma grande madeireira, que exportava madeira para vários países.

John Henry Taylor

Filho de Henry Taylor e Sarah Taylor, da Inglaterra, casou-se com Clara Awens, filha de Thomas Owens (Filho de Willian Owens, da Cidade de Moss, Costa Oeste da Inglaterra) e Clara Aowson (Filha de |Richard Aowson, do Condado de Denbigh, Norte do País de Gales. Que também veio no mesmo navio, com Destino a Piúma, Fazenda Monte Belo (Iconha). Casaram-se, em Monte Belo, Iconha.

Com a falência de Thomaz Duton Júnior, vários ingleses voltaram para a Inglaterra e muitos se espalharam pelo Brasil. Alguns descendentes de seus irmãos, ainda moram no ES. Com a proibição da exportação da madeira, esse comércio fraquejou e João Henrique acabou virando comerciante.

Desde a chegada ao Brasil, o casal se apaixonara pelas belezas de Piúma, e tiveram registrados vivos, os seguintes filhos: Eupídio, João, Adalberto, Lindolfa, Alice, Oscar e Oenes.

A 1ª Festa da Colonização Inglesa em Piúma, com o Encontro da Família Taylor ocorreu no último dia 21, no Porto. A festa foi um grande encontro onde a emoção tomou conta de todos os que marcaram presença. “Foi emocionante para todos que participaram, pois puderam relembrar desde a saída dos ingleses para o Brasil, como também a trajetória do patriarca da Família em Piúma, o Sr. Jhon Henry Taylor (João Henrique Taylor)”, disse Fernanda Taylor, uma das organizadoras.

A confraternização acabou em uma grande partilha, onde as famílias puderam se abraçar, matar saudades e se conhecer mais, uma vez que, nunca estiveram juntos para festejar.

 Os Taylor’s em Piúma

Como se sabe, a família Taylor é marcante em Piúma, foi uma das primeiras que chegou da Inglaterra a se fixar na cidade. John Henry veio da Inglaterra com seus pais e três irmãos, Alfred, Emma e Izabel. No mesmo navio vieram várias famílias inglesas, dentre elas: Taylor, Thompson, Owens, Aowson, Pacca, Oser, Oaks, Ombre.

Logo que chegaram ao Brasil, no porto da Bahia, perdeu seu pai Henry Taylor. Com sua mãe Sarah e seus três irmãos, Alfredo, Emma e Izabel, vieram para Piúma. Assim que chegou aportuguesou seu nome para João Henrique Taylor, e passou a gerenciar uma grande madeireira, que exportava madeira para vários países.

John Henry Taylor

Filho de Henry Taylor e Sarah Taylor, da Inglaterra, casou-se com Clara Awens, filha de Thomas Owens (Filho de Willian Owens, da Cidade de Moss, Costa Oeste da Inglaterra) e Clara Aowson (Filha de |Richard Aowson, do Condado de Denbigh, Norte do País de Gales. Que também veio no mesmo navio, com Destino a Piúma, Fazenda Monte Belo (Iconha). Casaram-se, em Monte Belo, Iconha.

Com a falência de Thomaz Duton Júnior, vários ingleses voltaram para a Inglaterra e muitos se espalharam pelo Brasil. Alguns descendentes de seus irmãos, ainda moram no ES. Com a proibição da exportação da madeira, esse comércio fraquejou e João Henrique acabou virando comerciante.

Desde a chegada ao Brasil, o casal se apaixonara pelas belezas de Piúma, e tiveram registrados vivos, os seguintes filhos: Eupídio, João, Adalberto, Lindolfa, Alice, Oscar e Oenes.

Alguns de seus netos, como Arlécio Taylor, Bigue, Lindaura, Elizabeth, Alceny, e outros, ainda se encontram na cidade e junto deles, centenas de descendentes residem na Cidade das Conchas.

Alguns de seus netos, como Arlécio Taylor, Bigue, Lindaura, Elizabeth, Alceny, e outros, ainda se encontram na cidade e junto deles, centenas de descendentes residem na Cidade das Conchas.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*