Ex-alunos do Ateneu choram a morte do amigo empresário Paulo Caetano

Os amigos da turma de 1992, da Fundação Ateneu Cachoeirense estão de luto pela partida de Paulo Caetano

Esta é a turma de 1992

O empresário Paulo Caetano, 67 anos, residente no distrito de Soturno Cachoeiro de Itapemirim, faleceu na manhã desta terça-feira, 29, na Unimed Cachoeiro depois de lutar bravamente contra um câncer no fígado.

Paulo era da turma de Contabilidade da Fundação Ateneu Cachoeirense de 1992, os amigos se reencontraram em 2017, no Sítio de um colega da turma Marcelo Sonsin, desde então, não pararam mais de se veem. O último encontro foi na Churrascaria Rio Grande, em Cachoeiro onde imortalizaram com uma fotografia. “Notícia muito triste. Ser humano incrível. Deus seja com família’, escreveu Ana Paula no grupo de WhatsApp da turma de 1992.

Amigos para sempre

De luto a turma de amigos do Ateneu chora a partida de Paulo nesta manhã. “Tem notícias que dilaceram o nosso coração e esta é uma delas, Paulo um ser humano inenarrável, um ser ímpar de coração muito fácil de se alcançar, de uma inteligência invejável, de uma pureza inigualável, mas acima de tudo, um cristão lindo, que chegou ao céu, com toda sua educação, ‘pediu licença para entrar e São Pedro olhou pra e naturalmente disse: Paulo, você não precisa nem pedir licença o céu e seu’. Parafraseando: Manoel Bandeira. “Meu coração hoje chora amargamente a perda desse amigo”, ressaltou Susy Sepulveda, empresária e amiga de Paulo da época do Ateneu.

Paulo, o primeiro da foto, Susy e Eudes se tornaram grandes amigos

O amigo de longas datas, o também empresário Eudes Burock Sobral está com o coração partido com a morte de Paulo. Eles se conheceram bem antes do Curso de Contabilidade, contudo, estudaram e se formaram juntos. Trabalharam por dez anos na mesma empresa, onde Eudes era funcionário, no entanto, se tornou da família. “Eu não sei o que dizer. Paulo era mais do que um irmão. Uma pessoa que eu não tenho como descrever, meu grande amigo. Meu coração está aos pedaços”, disse.

Eliane, também da turma escreveu no grupo onde Paulo fazia parte, da mesma turma. “Meus Deus que noticia mais triste nessa manhã. Sem muitas palavras, meus sentimentos a família e a todos muito tristes”.

O último encontro na Churrascaria Rio Grande

O empresário deixa três filhos: Daiana, Paula e Victor e a esposa Claudete e uma turma de amigos que se reencontraram 26 anos depois e hoje choram juntos.

Claudete, a esposa e Paulo Caetano

Metafill

De acordo com o amigo Eudes Burock que trabalhou com Paulo durante dez anos a Metafill nasceu da união do empresário com um amigo em uma empresa que atuaram juntos no bairro Marbrasa, em Cachoeiro de Itapemirim.

A Metafill é especializada em produção de máquinas e equipamentos para o beneficiamento do mármore e granito

E tudo começou a partir de um sonho onde o comprometimento, ética, busca por novas tecnologias, qualidade, geração de empregos e bem estar dos colaboradores e seus familiares estariam em primeiro lugar. Não se constrói um nome e credibilidade por acaso, é preciso muito trabalho e dedicação, e a Metafill, na pessoa de seus representantes e colaboradores, não mediu esforços e se tornou, ao longo de seus 15 anos de existência, uma das maiores empresas do setor produção de equipamentos para beneficiamento de mármores e granitos.

A Metafill mantém em sua produção em série 15 modelos de equipamentos utilizados no beneficiamento de mármores e granito, cabeçote de polimento e peças de reposição para teares.

Velório e sepultamento

O velório está marcado para as 13h00 no Cemitério Park do bairro ICB em Cachoeiro de Itapemirim, o sepultamento será as 17h00.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*