Era uma vez o interior de Iconha, tudo foi embora

A servidora pública, Marlene Thompson, 64 anos, reside na Comunidade de Mesa Grande, interior de Iconha

Famílias isoladas e com fome no interior pedem pasta de dente, escova, sabonete, pente, chinelos, roupas, materiais de limpeza, papel higiênico

O cenário é mesmo de catástrofe! E não há como não se emocionar. As narrativas são semelhantes, famílias estão isoladas, perderam tudo, estão com fome. Não sobrou nada, nada. Pedem escova e pasta de dente, sabonete, shampoo, desodorante se puder, chinelos, roupas, pente. Qualquer coisa neste momento será útil.

A comunidade de Mesa Grande onde teve uma vítima fatal a situação não é diferente de Bom Destino, Crubixá, Inhaúma, Pedra d’ Água, Monte Belo, Duas Barras… lá não tem energia, não possui água potável, internet, as pontes foram destruídas, os carros desceram com a enxurrada, as casas estão rachadas.

É, o cenário é mesmo de horror, e chegar lá não é fácil, passa um carro de cada vez, na lama.

TRABALHOU A VIDA TODA PARA ARRUMAR A CASA, PERDEU TUDO

Marlene está desolada

A servidora pública, Marlene Thompson, 64 anos, reside na Comunidade de Mesa Grande, interior de Iconha. A história dela é pra fazer chorar. O irmão acamado e vizinho foi salvo porque as madeiras da cama boiaram na água e a cabeça dele ficou de fora. “Meu irmão e acamado há três anos, no momento que veio a água forte, o que fez ele sobreviver foram as madeiras, e tudo que entrava debaixo do colchão suspendeu. Ele não morreu porque a água ia suspendendo e a cabeça dele ficou de fora, foi um milagre. Mas ele ficou falar, até que apareceu um civil e o levou para o hospital”.

Dona Marlene não sabe como vai recomeçar. A casa está com rachaduras, ela perdeu tudo, não tem sequer pó para fazer um café, desde sexta aguarda ajuda. Veja o vídeo com a entrevista com ela.

Postes caídos pela margem da estrada, montes barro, lixo, objetos. A Reportagem foi informada de que podem ter sido levados pela correnteza alguns veículos com motoristas que passavam pela estrada que leva a Iconha e interliga a Vargem Alta passando por dentro de Bom Destino.

Há mais vítimas, pessoas que estão sem comunicação completamente ilhadas, o casal Luan, o filho e Rose, que residem em uma pequena Ilha próximo a Bom Destino está parecido. A família de Itaipava está sem nenhuma informação e aguarda notícias. “Precisamos de notícias deste casal, está sem luz para lá, eles nãos e comunicam desde sexta-feira. Não se tem comida, se tem água, se estão vivos”, solicita Dilma Sales Mathias.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*