Embriagado motorista atropela e mata Sargento Ferreira enquanto trabalhava em Cachoeiro

Possivelmente bêbado, motorista perde o controle do veículo, atropela e mata sargento aposentado da PM em Cachoeiro

Botafoguense, apaixonado pela esposa, amigo aconselhador, trabalhador incansável, Sargento Ferreira deixou muitas lembranças, saudades e colecionou muitos amigos. O sargento aposentado da Polícia Militar – PM, José Ferreira Rosa foi atropelado no final da noite deste sábado, 15, nas proximidades do badalado Verdinhos Bar Universitário, Rodovia ES 482, na localidade de Morro Grande, próximo a Faculdade de Direito, em Cachoeiro de Itapemirim.

Sargento Ferreira foi socorrido à Santa Casa de Misericórdia onde passou por uma cirurgia por volta das 00h00, mas teve hemorragia interna e faleceu.

Segundo informações da PM um motorista perdeu o controle do automóvel e colidiu com vários outros carros, vindo a atropelar a vítima, que trabalhava como vendedor ambulante em um bar próximo à rodovia.

A perita papiloscópica Raquel Rosa, irmã do sargento, disse por telefone que tem sido frequentes acidentes neste trecho, após pessoas embriagadas assumirem a direção de veículos, citou recentemente um outro acidente motociclístico que teria tirado a vida de dois jovens. Bastante abalada Raque está no Departamento Médico Legal – DML acompanhando os trabalhos de necropsia do corpo do irmão, que, doou as córneas. “Estamos sofrendo demais, meu irmão querido, tão, doou toda a vida ao trabalho, família e aos amigos. É uma dor que não dá para medir, ainda não consigo acreditar que uma pessoa embriagada possa ter matado o meu irmão que estava trabalhando. Dói demais, dói muito, sem palavras”, chorou Raquel.

O velório será no 9º Batalhão da Polícia Militar, mas o horário ainda não foi definido.

Sargento Ferreira dedicou ao menos 30 anos da sua vida a profissão. Ironicamente atuou na fiscalização do trânsito e foi morto por uma infração gravíssima. “Sargento José Ferreira Rosa, cuidava de todos, sempre aconselhando para que tomássemos cuidado no trânsito, e agora, essa notícia. Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos, e com certeza o receba em um bom lugar’, postou na rede social Andressa De Lian Rocha.

Há bastante tempo ele vem atuando como vendedor ambulante em diversas festas, eventos e também nas proximidades de casas de shows. Neste sábado ele foi morto enquanto trabalhava mais uma noite para levar o sustento a família.

Sargento Ferreira deixa uma mulher, com quem está casado há mais de 35 anos e declarou no dia 12, dia dos namorados ser a sua eterna namorada. Deixa três filhos e a cidade de Cachoeiro de Itapemirim de luto, pois ele era muito querido.

 

Pelas redes sociais

 

Pelas redes sociais muitas homenagens e lembranças do sargento Ferreira. Postou a sobrinha Luciene Oliveira. “Sem acreditar ainda, não tem uma só parte da minha vida que eu lembre de você lá, minha infância toda, as bagunças dentro de casa, adolescência, as festas que o senhor nos levava junto enquanto ia trabalhar. Meu Deus, que dor, dói saber que não vou ouvir seu bom dia toda manhã, dói saber que vou olhar da varanda e não vou te ver. Vai em paz, tio”.

Rosimere Rosa postou que a família toda está de luto. “Família Rosa de luto partiu José Ferreira Rosa pessoa maravilhosa quantos conselhos você me dava primo é a última vez você falou pra eu que a vida é um sopro é realmente e verdade descanse em paz e que Deus console o coração de todos nós uma perca irreparável pessoa do bem”.

Paulo Ricardo Silva, na página de Ferreira no facebook relembrou as broncas que levou na infância.  “É…não dá pra acreditar!
Uma pessoa muito querida, batalhadora, familiar e sempre feliz.
Sempre marcando presença forte na vida de todos e ajudando no que pôde. Lembro como se fosse hoje, quando estudava na Escola Santa Cecília com teu filho Ramon e todos daqui do bairro, víamos fazendo bagunça gritando pela rua a fora na saída, e você sempre nos corrigindo, bons tempos de infância que nunca mais volta. Sempre nos ensinou o que era certo nos dando a bronca necessária. Esse era o SARGENTO FERREIRA.
Vai em paz meu amigo… vai fazer muita falta!
Que Deus venha confortar o coração de toda família”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*