EDITORIAL – O amor e ódio de uma nação

Desde que o nome de Jair Bolsonaro foi cogitado como candidato a presidência do Brasil, a agitação tomou conta da população. Logo os a favor e os contra começaram a manifestar as opiniões sobre o presidenciável.

As redes sociais foram tomadas por publicações, vídeos, fotos e textos em apoio ou contra Bolsonaro. Quem defende diz que, as ideias do candidato são as únicas que podem mudar o rumo que o Brasil está seguindo. Para quem repudia as ideias de Bolsonaro diz que, tudo que ele defende como solução, só vai piorar a situação do país, que já é ruim.

Segundo as últimas pesquisas, Bolsonaro empata com o candidato do PT dentro da margem de erro, e tudo indica um segundo turno na eleição de 2018. A pesquisa mostra também que Bolsonaro tem o maior índice de rejeição entre todos os candidatos à presidência do Brasil.

Entre posts nas redes sociais, entrevistas e opiniões de artistas, Bolsonaro segue como o nome mais lembrado da história das eleições do Brasil. A repercussão é tamanha, que até mesmo artistas e celebridades internacionais expuseram as opiniões na internet.

Em um cenário político que pede mudança, o próximo presidente chega ao comando do Brasil com uma grande responsabilidade. E os eleitores de Jair Bolsonaro confiam na capacidade do candidato, que já está na vida política há 27 anos como deputado, de lidar e resolver as questões do Brasil.

A Edição deste mês focou nas eleições 2018. Após o processo eleitoral a editora Luciana Maximo retorna ao cargo e pretende dar continuidade a edição Digital diária.

Compartilhe nas redes sociais

Leia Também

Editorial 13 de setembro de 2019
Editorial 12 de agosto de 2019
Salve Salve São Pedro 28 de junho de 2019
Editorial 10 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*