Dr. Glauco lança sua pré-candidatura a prefeito de Piúma

Com apoio do Deputado estadual Hudson Leal e o aval do Partido Republicanos, Dr. Glauco lançou o seu nome a pré-candidato a prefeito de Piúma

Em Piúma ele é mais conhecido como Dr. Glauco

Médico sanitarista com Mestrado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo e pela USP, Dr. Glauco Almeida Dahan lançou a sua pré-candidatura a prefeito de Piúma pelo Republicanos. E nas redes sociais tem encontrado muitos simpatizantes por ser um nome novo na política e ter um trabalho na medicina ilibado e reconhecido por toda população.

Com um curriculum extenso na saúde pública e privada e um trabalho prestado a diversos municípios no ES que já o conhecem pela sua excelência no atendimento aos pacientes, Dr. Glauco agora se lança na política e se coloca à disposição da cidade que escolheu para viver. Disse que é um chamado e uma missão. Ele participou de uma live com a jornalista Luciana Maximo e respondeu a diversas perguntas. Confira aqui em tópicos.

Motivação

Dr. Glauco foi filiado ao Republicanos para concorrer uma vaga na Câmara, mas o partido o lança pré-candidato a prefeito

“Três coisas me motivaram: a primeira foi o sentimento de que eu não vim parar aqui em Piúma à toa, que isso é um chamado de Deus, da forma como eu creio, a segunda, foram os próprios deputados do Republicanos, eu estava dentro da minha chapa, confortável como pré-candidato a vereador e eles me procuraram, e me falaram, olha, a partir de hoje você é nosso pré-candidato pelo Republicanos em Piúma, porque as pesquisas que temos apontam que 57% dos eleitores estão indecisos em quem vão votar para prefeito e você é nosso nome. Eu confesso também que tomei um susto, mas ao mesmo tempo, fiquei em paz, porque veio aquela questão da missão de porque fui parar aqui, o que estou fazendo com esse chamamento, então eu aceitei o desafio, Piúma está precisando”!

Grupo

“Eu estaria sendo lançado e o Dudu da Madeira como pré-candidatos a vereador, estávamos como cabeça de chave, eles fizeram esse remanejamento, mas não foi nem por causa do partido pediu, sabe Lu, é porque… Eu tenho tanto amor por essa cidade! E eu sei que estou capacitado para exercer essa função, se for da vontade do povo”, frisou.

Jogo pesado

Então, o que acontece, eu não vou negar que eu não tenho receio dos ataques que eu sei que virão, principalmente quando a gente começar a crescer como grupo”

Passado

“Eu realmente tive um passado difícil, eu adoeci gravemente, fui internado para tratamento de transtorno psiquiátrico, dentre esse problema que eu tive, existia a dependência química, só que tem tratamento sabe, e eu fui tratado pela medicina, fui tratado pela psicoterapia, por psicanalistas, mas eu fui verdadeiramente liberto e curado por Deus! Por Jesus! Esse foi quem me conferiu a alta desse tipo de problema. Devendo lembrar que o índice e a incidência desse tipo de doença, que é catalogado pela Organização Mundial da Saúde como doença, é bem maior na classe médica do que na população em geral, então esse não é um privilégio só meu, muitos colegas também passaram por isso, muitos perderam a vida, mas a minha foi preservada e foi resgatada lá do vale da sombra da morte e trazida aqui para a luz, para poder um dia servir aqui a você, cuidando do piumense”.

Vice?

Lu, se fosse para vir a ser pré-candidato a vice-prefeito eu seria… (risos) mas, apesar de ter uma paixão por Dona Martha que há quinze anos a gente trabalha junto, é preciso se fazer no município mais, um dia a gente vai acabar com o assistencialismo, ninguém vai precisar ficar pedindo favor a vereador, para o vereador conseguir isto ou aquilo, para ver se tem internação, cirurgia, não, nós vamos conseguir porque é direito! O SUS nos proporciona essa prerrogativa. Eu tenho paixão pela Dona Martha, gosto demais dela, mas, o modelo gestor, que está acontecendo dentro da “máquina” hoje, não é compatível com o que eu creio que seja melhor para Piúma. Então, eu resolvi me retirar; ah! Mas é o partido inteiro? Não sei. Tem algumas pessoas que tem suas limitações, alguns tem cargo comissionado, esposa, precisam disso para comer, e eu soube respeitar isso, e o próprio Diretor Estadual também.

Rachou o Republicanos?

Não, não. O grupo ele, nós estamos livres, nós estamos seguindo firme, em frente. Mas é por que eu falo assim: não vai perder seu emprego, como é que ele vai perder aquilo que ele precisa para se alimentar. Ele vai trabalhar firmemente para a campanha de vereador dele, sem precisar de fazer foto com o Dr. Glauco, sem precisar de fazer lobby para minha pré-campanha.

Sem ameaças, sem perseguição?

“Eu precisaria muito do grupo, mas eu não quero que aquelas pessoas que estão lá, sejam prejudicadas entende? Eu não gostaria que elas fossem prejudicadas por minha culpa. Eu iria me sentir mal, muito mal.

Trabalho e pré-campanha

“A Pré-campanha está ficando comprometida por certo né, mas existe aí um desejo, uma manifestação do Congresso da Câmara dos Deputados, Senado em Brasília de que haja uma postergação dessa data eleitoral. Então eu acredito que isso vai ser saudável, não somente para o Município de Piúma, mas para todos aqueles municípios que as vezes não disponham desse veículo precioso de comunicação que a gente tem aqui.

Mas a prioridade minha é sempre meu paciente, as vezes eles ficam no furo. Ah, Dr. Glauco não chegou, ou, Dr. Glauco não conseguiu acordar, acabou de dormir, então aí eles são bem flexíveis e compreensíveis nisso e se adaptarem ao meu horário que a gente tem para trabalhar na pré-campanha, que a gente já tem os dias mais ou menos pré-estabelecidos.

Mídias digitais

“Junto com a minha equipe maravilhosa, Carol Pedra, o Hérland Peñaranda e Jean, eles estão desenvolvendo vários elos de comunicação, entre nós grupo, Glauco como Pré-candidato e População, existe um Site que já está sendo desenvolvido, um domínio sendo criado e vai já ter né, esse destino aí, esse endereço perdão, www.doutrogaluco.com.br, as redes sociais, Instagram, Facebok e WhatsApp.

Canais de comunicação

“Em função da pandemia mídias sociais serão o carro chefe. No meu Site vai ter um espaço chamado “Fala Piúma”, que é até o mesmo nome de um grupo de WhatsApp que já foi concordado com os administradores de que eu possa usar esse mesmo tema para não haver essa duplicidade, porque foi coincidência, foi criado sem saber que existia, o cidadão vai poder escrever no meu site o que ele quer, os projetos, as propostas, quais as necessidades dele, o que a rua dele está precisando, tem esgoto a céu aberto, não tem calçamento…”

Política e medicina

A medicina para mim está acima do bem e do mal, eu sou um entusiasta e um apaixonado. No tocante a essa questão eu vou seguir o exemplo de meu padrinho, Dr. Hudson Leal – Deputado Estadual, que foi um grande incentivador de tudo isso, ele é médico e deputado, e aos domingos ele dá plantão dele no Hospital, até trabalhamos juntos no meio do plantão. Eu não pretendo abandonar a medicina de forma alguma, nem pensar! Estarei aliando a política, sem dúvida.

Considerações finais

“Eu vou falar para vocês uma coisa bem interessante, só eu posso, mas sozinho não consigo. Eu preciso dessa mocinha aí, cheia de capacidade que está detrás dessa câmera, preciso do meu irmão, preciso do Jean, preciso de você, preciso de todos! Só eu posso, mas sozinho não consigo.

E nosso lema de pré-campanha é da seguinte forma: “Dr. GLAUCO, SIM! POR QUÊ NÃO? EU NÃO VOU ENVERGONHAR VOCÊ!”

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*