Desportiva promove ação inédita para atletas e comissão técnica

Na tarde da última terça-feira, dia 23, a Desportiva Ferroviária promoveu uma ação em conjunto ao projeto “Mãos que Salvam Vidas” para promover um treinamento aos atletas e funcionários sobre ressuscitação cardiopulmonar e manobra de heimlich (técnica de desengasgo).

O evento foi inspirado em um caso que ocorreu na Itália e ficou mundialmente famoso. Na ocasião, o atleta Mattia Agnese salvou a vida de um adversário, que caiu em campo desacordado, ao realizar a massagem cardíaca com rapidez, conseguindo reanimá-lo e manter sua condição estável até a chegada do atendimento especializado. Mattia, de 17 anos, recebeu o prêmio Fair Play da FIFA de 2020 e entrou para o Hall da Fama do futebol italiano.

  • Desde que assumimos a Desportiva Ferroviária buscamos pensar no clube como um todo, em uma reconstrução, dentro e fora das 4 linhas. Queremos nossos colaboradores, atletas ou não, se sentindo cada vez mais seguros, em processo de melhoria contínua e podendo ser a diferença na sociedade. Essa ação só vem a corroborar com essa ideia. Na Itália, no ano passado, um atleta conseguiu salvar a vida de um adversário com a prestação rápida de primeiros socorros, como a RCP, que o projeto “Mãos que Salvam Vidas” veio para nos ensinar. Agradecemos muito aos coordenadores do projeto e aos acadêmicos que se dispuseram de vir nos oferecer esse treinamento tão importante. Estamos criando uma cultura empresarial sólida na Desportiva, e isso está diretamente relacionado ao impacto que podemos gerar na sociedade civil. – destacou Eduardo Matos, presidente do clube.

O projeto é composto por acadêmicos de medicina e é realizado de maneira gratuita para ensinar leigos a realizar os primeiros socorros. Os atletas da Desportiva elogiaram a ação e a iniciativa do clube em se preocupar com os profissionais mesmo fora das 4 linhas.

  • O treinamento foi muito bom e ajudou a aliviar o estresse do dia a dia. Aprendemos bastante e todos os atletas ficaram comentando depois que se algo acontecesse que já saberia o que fazer. Todos estão expostos a uma situação adversa como uma parada cardíaca ou de um engasgo de alguém e agora nós somos capazes de salvar uma vida. Todos têm visto e comentado que os dirigentes têm feito um trabalho totalmente profissional. Nós ficamos surpresos, de maneira muito positiva, e todos os colaboradores e torcedores estão recebendo uma resposta de credibilidade pelo trabalho que está sendo feito, com isso, a Desportiva só tem a ganhar. – disse Andinho, atacante da Desportiva.

Com todos os atletas capacitados em primeiros socorros, a Desportiva vai a campo no domingo, 28, para a estreia no campeonato capixaba contra o Vilavelhense, às 15 horas, no Estádio Engenheiro Araripe.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *