Corpo do motorista de aplicativo encontrado na zona rural de Guarapari com um tiro no rosto

Um final muito triste para Amarildo, famílçia e amigos. Ele saiu de casa nesta segunda-feira, 22, para trabalhar e não mais voltou. Por volta das 10h00 de ontem ligou pra uma das filhas e disse que o movimento estava muito ruim, ele tentaria uma corrida para pelo menos tirar o dinheiro gasto na gasolina. Depois não atendeu mais as ligações

Um trágico final para o caso do motorista de aplicativo que estava desaparecido em Guarapari desde segunda-feira, 22, quando ele se deslocou de Itaoca/Itapemirim para trabalhar.

O corpo do motorista Amarildo Amaro Freire, 52 anos foi encontrado na tarde desta terça-feira, 23, na zona rural região de Alto São Miguel, Guarapari.

Pela manhã desta terça-feira, a Polícia Militar (PM) localizou o veículo Fiat Línea branco, placas OYH-1C96 na rua Linhares, no bairro São Gabriel, em Guarapari.

De acordo com as primeiras informações apuradas, o corpo foi encontrado depois que a Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) deteve três suspeitos no bairro Camurugi. A linha de investigação é que Amarildo tenha sido vítima de uma quadrilha especializada em roubo de motoristas de aplicativos. “A linha de investigação inicial indica que o motorista pode ter sido vítima de um grupo criminoso especializado em roubos de veículos de transporte por aplicativo, que já fez outras vítimas no município e é alvo de investigação conduzida pelo Deic de Guarapari. Diligências estão em andamento neste momento, com o objetivo de localizar a vítima”, informou, em nota da Polícia Civil.

As informações iniciais apontam que a vítima foi morta com pelo menos um tiro na região da face. Amarildo é morador do distrito de Itaoca, em Itapemirim, mas trabalhava em Guarapari. 

As equipes da Deic e da PM ainda estão no local aguardando a chegada da perícia. Mais informações a qualquer momento.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *