Consciência Negra é tema de exposição na Câmara de Anchieta

Os alunos da Escola Estadual, Coronel Gomes de Oliveira produziram telas belíssimas que são expostas na Câmara Municipal

Acontece na Câmara Municipal de Anchieta, uma exposição cultural relacionado a consciência negra. As pinturas, quadros, artesanatos e peças estão expostas no hall de entrada e no plenário Urias Simões dos Santos.

O projeto da 1ª Semana de Consciência Negra foi um convite dos vereadores Professor Robinho e do presidente Cleber Pombo dirigido a professora/historiadora Marta Prates Ribeiro que faz parte do Fórum Permanente de Educação Afro do Estado do Espírito Santo.

A exposição também conta com obras de alunos da Escola Estadual Coronel Gomes de Oliveira, a professora Adriana Tiago Lopes desenvolve projeto da área de Ciências Humanas, cujo objetivo é celebrar a luta da consciência afro-brasileira. As turmas foram divididas em subtemas: patrimônio, religiosidade, racismo, dança, música e personalidades afro.

O projeto proporciona a quebra de paradigma da imagem do negro ligada à marginalidade, exaltando suas contribuições culturais, religiosas e evidenciando a construção de referencial identitário, tão importante para a formação dos futuros cidadãos capixabas.

“O desenvolvimento desse projeto visa levar aos alunos as ferramentas necessárias para que ele tenha consciência da importância e influência da cultura africana na sociedade atual, visando a contribuição na construção de sua personalidade, seja como afrodescendente ou não, além de incutir o respeito a diversidade nas características físicas e culturais”, afirmou Marta Prates.

O Brasil é a segunda maior nação negra do mundo e foi necessária a criação de uma lei para que houvesse um tardio reconhecimento da importância da cultura negra na sociedade brasileira. A tradição e a história africana e afro-brasileira influenciaram profundamente a formação social, religiosa, cultural e gastronômica do povo brasileiro.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*