Com chapéu de couro, Caliman questiona adesão de ata da Paraíba

Na 103ª sessão ordinária, realizada no plenário Urias Simões dos Santos, no dia 21 de maio, o vereador Beto Caliman (DEM), em ato de protesto discursou com um chapéu de couro na tribuna da casa. O motivo foi a adesão da prefeitura a uma ata da Paraíba para aquisição de material de informática.

“A compra não é urgente e a adesão de atas não é a melhor forma de aquisição. A prefeitura de Anchieta em dois anos e cinco meses não consegue fazer uma licitação digna”. Tantas empresas boas em nossa cidade e Estado para que aderir uma ata da Paraíba? questionou Beto Caliman.

A adesão é para secretaria de educação, administração e o Fundo Municipal de Saúde. A ata é baseada numa licitação feita por algum órgão público. Foi publicado nos serviços de comunicação da Prefeitura de Anchieta a adesão de ata da Paraíba, no valor de R$ 884 mil.

Caliman não vê urgência, nem necessidade de fazer uma adesão para compra de material de informática: “Se fossem cestas básicas, algo nesse sentido que a nossa população tivesse extrema necessidade e urgência, justificou Beto.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*