Colunista Fabiany Taylor tem poema da obra Hieróglifos publicado em didático da Sedu

A escritora de Piúma, Fabiani Taylor teve um poema do livro Hieróglifos publicado no livro didático da Sedu

A escritora, professora, colunista, poeta Fabiani Taylor, de Piúma teve o poema Arco-íres da obra Hieróglifos selecionado e publicado no livro didático do 2º do ensino fundamental, produzido pela Secretaria de Estado da Educação do Espírito Santo – SEDU.

A notícia deixou a escritora imensamente feliz e realizada. “Muito feliz com mais essa conquista. Emocionada! Penso que abro caminho para outras pessoas. É importante destacar que os sonhos podem se realizar sim”, ressaltou Fabiani.

A escritora tem uma trajetória fantástica e meteórica no universo da literatura. Em 2012 publicou a primeira crônica Véu de Noiva, na coletânea Escritos de Vitória. Neste mesmo ano ela foi convidada a assinar a Coluna Literatuando no Jornal Espírito Santo Notícias. As crônicas veiculas no jornal acabaram sendo compiladas em uma coletânea “O Badalador de Sinos”, que fora lançado no mesmo dia do livro Hieróglifos.

Escritor de verdade tem asseto em Academia de Letras e Fabiani sempre muito antenada nos concursos literários participou de vários e carimbou muitas colocações dando a ela também cadeiras, como nas academias de Letras de São Mateus, Marataízes, Serra, Trovadores Capixabas, Academia de Letras e Artes de Goiás Velho e Academia de Letras do Vale do Taquari e Buenos Aires.

O reconhecimento se dá, devido aos infinitos concursos literários que participa e vence, vindo a colecionar diversas medalhas e troféus. “Perdi a conta. Alguns participei para publicar o texto outros ganhei dinheiro”, disse.

Pasmem, a escritora jura que era muito tímida, a escrita, como para muitos imortais era válvula de escape.  “Sempre fui muito tímida, então escrever sempre foi uma forma de desabafar”, disse.

A poetisa contou que sempre foi apaixonada pelo universo das letras e na adolescência já escrevia, na escola mandava muito bem nas produções de textos, o trampolim para o sucesso.

A escritora não para, está concluindo a obra A Joaninha, um livro de poesia infantil e ela promete até o final do ano fazer o lançamento.

Origem simples

Fabiani é filha de pescador, sua origem simples marca sua trajetória. Na infância, descascava camarões para comprar seus primeiros livros, hoje é Mestre em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Já carimbou o 1º lugar em concursos como: a lll Feira Literária Capixaba 2016; Concurso Crônicas, Contos e Poesias da Academia de Letras do Vale do Taquari 2015; Concurso Annette de Castro Mattos 2013 da Academia Feminina Espírito-santense de Letras. Também recebeu o Diploma Honra ao Mérito Cultural Cora Coralina e a Medalha Rubem Braga.


Sobre a Obra que teve o poema selecionado na Sedu:

HIERÓGLIFOS

A poeta Fabiani Taylor realiza, em seus Hieróglifos, um tipo de poesia concreta que se destaca, principalmente, pela possibilidade do leitor interagir com a obra de forma livre. É um livro feito para novos leitores, com uma leveza de forma que atrairá principalmente o público infanto-juvenil para o terreno da poesia.

‘Hieróglifos’ é uma saborosa experiência literária, que faz da forma do poema o suporte para seu conteúdo e sua leitura. A abordagem visual da criação, destinada ao jovem leitor, trilha caminhos inéditos ao introduzir o elemento poético em um contexto contemporâneo e universal, enraizado na exploração da imagem e da ilustração.

O BADALADOR DE SINOS E OUTRAS CRÔNICAS

“O Badalador de Sinos e Outras Crônicas” é uma obra fruto da síntese das muitas crônicas da coluna ‘Literatuando’ da autora Fabiani Taylor. As crônicas revelam uma leitora amante da literatura e dos escritores, capaz de colocar suas impressões de mundo em forma de arranjos de cenas cotidianas.

Fabiani Taylor mostra o olhar sensível com a infância, o cheirinho da comida e a ternura familiar, a comunidade de pescadores, o despertar dos sentimentos, a importância do mar e seu trabalho na coleta de búzios, e a vontade de liberdade. Lembranças simples recontadas com maestria e que tem tanto a dizer e emocionar.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*