CESAN na mira da Câmara de Anchieta

Vereadores sugerem exigências para renovação de contrato com a Cesan em Anchieta

Indicações visam a garantir a melhoria do serviço de saneamento básico prestado no município. São 12 pontos sugeridos pelos vereadores para serem acrescidos, como programas de preservação de nascentes, efetividade no sistema de esgoto e melhorias no atendimento ao cliente

Na sessão plenária da Câmara de Anchieta, realizada no dia 19 de novembro, os vereadores do município protocolaram uma indicação à Prefeitura para que sejam incorporadas algumas exigências ao novo contrato de concessão da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan). Na ocasião, o presidente da companhia, senhor Carlos Aurélio Linhalis esteve presente para tirar dúvidas dos vereadores em relação à renovação e à execução de investimentos previstos.

A indicação destaca, por exemplo, a necessidade de incorporação de cláusulas que garantam que o município possa rescindir o contrato, caso a Concessionária descumpra as metas do Plano Municipal de Saneamento Básico, principalmente aquelas relacionadas à qualidade da água, dos serviços de atendimento ao usuário e cobertura do abastecimento e coleta.

“Nosso objetivo é fazer com que o contrato fique bem articulado de forma a garantir um bom serviço para a população de Anchieta no período de celebração do contrato”, afirmou um dos proponentes, o vereador Renato Lorencini (PSB).

Confira os pontos sugeridos pelos vereadores:

  1. Desenvolver programas de recuperação e preservação de nascentes;
  2. Em até 12 (doze) meses, ampliar o atendimento ao usuário, em escritório local, para horário comercial;
  3. Informatizar o serviço de atendimento ao público, oferecendo canais de acesso direto ao usuário, de modo a agilizar a prestação de qualquer informação do interesse dos usuários, inclusive leitura e emissão simultânea das contas;
  4. Adotar equipamentos operacionais destinados a acelerar o tempo de prestação dos serviços, de modo a propiciar eficiência máxima no atendimento ao usuário;
  5. Informar, em linguagem simples, transparente e de fácil acesso, dados como valor da tarifa, planejamento anual das ações de ampliação e modernização, valor e cronograma dos investimentos no município, execuções de ações, resultado dos exames periódicos de qualidade da água e do Tratamento do esgoto, campanhas de consumo de água e de tratamento de esgoto, dispor de prazos, locais e responsáveis de cada setor, imprevistos e algo que posso alterar o abastecimento, de forma a possibilitar o controle social;
  6. Eliminar qualquer despejo de resíduo do sistema de esgoto na Lagoa da Conceição e praias do balneário (Iriri);
  7. Cobrir com a rede de esgoto, em até 3 anos, 100% das residências das margens da Lagoa da Conceição (Iriri);
  8. Realocar a elevatória da lagoa de Iriri do meio da via pública;
  9. No balneário do Castelhanos, fazer exclusivamente a coleta do esgoto de 100% dos imóveis;
  10. Tratar a água dos poços das comunidades de Parati, Recanto do Sol, Ubú e demais localidades da zona rural que apresentem alto teor de cloreto de sódio e ferro;
  11. Modernizar e automatizar os sistemas de abastecimento de água, desinfecção e fluoretação, das comunidades rurais;
  12. Reparar fidedigna imediatamente as vias públicas danificadas por obras na rede subterrânea de água e esgoto.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A INDICAÇÃO: http://www3.camaraanchieta.es.gov.br/Sistema/Protocolo/Processo2/Digital.aspx?id=11857&arquivo=Arquivo/Documents/IND/11857-153946398108112019(452)(456)(451)(448)-assinado.pdf#P11857

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*