Publicidade

Cantora de Piúma, Fernanda Fontes faz show amanhã no Masterplace em Vitória em homenagem a Marília Mendonça

A cantora de Piúma foi convidada para fazer num tributo a Marília Mendonça pela semelhança da voz

É muito semelhante a voz da cantora piumense Fernanda Fontes com a voz de Marília Mendonça e não é por acaso que o Masterplace convida a cantora da Cidade das Concas para se apresentar nesta sexta-feira, 12, as 12h00. O repertório será de músicas da cantora rainha do feminejo que nos deixou no último dia 05 naquele trágico acidente de avião. Fernanda fará um show repleto de emoção, porque é fã de Marilia e será uma homenagem especial.

Fernanda Fontes é conhecida nas baladas do Estado e, inclusive, recentemente, cantou no aniversário da ex-BBB Gizely Bicalho com a presença de outras celebridades.

No repertório, músicas como Flor e o Beija flor, De quem é a culpa, Eu sei de cor, Ciumeira, Estrelinha, Porteiro, Infiel e Coração Bandido.

“Eu já cantei lá no Masteplace uns tempos atrás com o Paulo Victor, eles assemelham minha voz pelo fato de eu cantar sertanejo e as músicas dela como todo mundo sabe, aí aconteceu esta tragédia da Marília. As pessoas mandando mensagens para mim no Direct dizendo que o que conforta é saber que eu estou aqui por conta da semelhança da voz. Como ela já tinha comentado da última vez eles me ligaram me chamando para fazer um tributo. Eu aceitei com muito carinho porque Marília representa na minha carreira como cantora, mulher sertaneja”, comentou Fernanda.

Fernanda Fontes. Foto: Daniel Santuchi

Fernanda Fontes canta desde os dez anos. Aos 13 anos, começou a cantar na igreja e, mais tarde, fez um teste em uma banda de Piúma. Mas, foi depois dos lançamentos do primeiro álbum de Marília Mendonça que a capixaba despontou nos palcos pela semelhança na voz e no corpo da rainha da sofrência.

“Ela é minha inspiração e referência”, garante.

Nos shows da Fernanda Fontes, 70% das músicas que embalam os frequentadores é de Marília Mendonça. 

“Marília representa a força da mulher empoderada buscando espaço no mundo sertanejo tão masculino. Ela não precisou de uma questão estética “padrão de beleza” para conquistar o carinho dos fãs. Suas músicas falam da realidade de mulheres que foram traídas, por exemplo, mas viveram a decepção e superaram”, afirma.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade