Câmara de Piúma devolve mais de R$300 mil

Câmara de Piúma economiza e devolve à Prefeitura mais de R#300 mil

Do exercício de 2018, a Câmara de Piúma devolve aos cofres públicos a quantia de R$ 342. 226,69, referente a dinheiro economizado pela Casa de Leis. O exercício de 2019 vira somente em 2020.

De acordo com o presidente Jorge Miranda, a devolução foi possível porque foi feita uma economia nos gastos. O presidente e os vereadores sugerem ao Executivo que utilize o dinheiro devolvido na compra de um caminhão compactador para coleta de resíduos sólidos na cidade.

O presidente enfatizou que “o município paga muito alto pelo recolhimento de resíduos e se for adquirido o compactador, o custo mensal com a coleta não ultrapassa a casa dos R$20 mil, uma vez que poderá ser feita pelos próprios servidores do município. Estamos fazendo o nosso papel, esperamos que a Prefeitura aplique bem o dinheiro devolvido”, disse.

Jorge Miranda defende a tese de que, a Prefeitura assumindo a coleta dos resíduos, o custo sai mais em conta, a cada ano a economia giraria em torno de R$240.00, somando os quatro anos R$960.00, que poderia adquirir novos caminhões de coleta e teria ainda garantia de três anos para a manutenção.  

Lembrou o presidente Jorge Miranda que a Câmara vem trabalhando para contribuir com o município. Recentemente, eles foram a Brasília e conseguiram com a senadora Rose de Freitas três emendas importantes que vão ajudar muito se forem cadastradas pela Prefeitura. Uma de R$350 mil para a compra de um micro-ônibus que servirá para transporte de pacientes a outras cidades, uma de R$185 mil para a aquisição de uma ambulância tipo A e uma de R$265 mil para aquisição de material de custeio ao Hospital Nossa Senhora da Conceição.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*