Câmara de Anchieta: vereadores fazem várias solicitações

na última sessão ordinária na Câmara de Anchieta os vereadores solicitaram ao executivo diversos serviços

Professor Robinho cobra e faz duras críticas ao superintende do Mepes

Em sessão ordinária realizada no dia 12 de novembro, no plenário Urias Simões dos Santos, o vereador Professor Robinho usou a tribuna para cobrar ao superintendente do Mepes, Idalgizo Monequi pelo não pagamento dos funcionários. “Hoje é dia 12 e a situação ainda não foi resolvida”, disse.

“É lamentável, estamos nessa casa desde 2013, cobrando desse superintendente e constantemente vem acontecendo problemas. Percebe-se o que falta para ele: aprendizado, gestão, ou melhor, falta tudo, inclusive o compromisso com os funcionários”, criticou o professor.

O vereador ainda esclareceu que mesmo com todo esse transtorno, o superintendente está viajando, enquanto funcionários sem ter o que comer em casa. Essa situação não é por causa da prefeitura, eu e Zé Maria conversarmos com o secretário de administração que ligou para o de educação que afirmou não ter repassado o valor, porque não tinha recebido a certidão, explicou Robinho.

Segundo Robinho durante seus mandatos vários embates aconteceram com o presidente do Mepes, mas não teve mudanças. “O cara já deu o que tinha que dar, já demonstrou que não tem competência e ainda vai ficar à frente por mais quanto tempo? Indagou o vereador. Robinho ainda disse que existe um procedimento contra o superintendente, no qual ele precisa devolver mais de R$ 30 mil.

Outro transtorno que pode ser gerado em breve, é sobre o hospital, porque o superintendente assinou um termo de colaboração que as contas não fecham, segundo informações do professor. “Daqui uns dias vai faltar dinheiro para pagar os funcionários do hospital”, alertou.

Serginho pede mudança no horário de serviço dos garis

Em sessão ordinária realizada no dia 05 de novembro, no plenário Urias Simões dos Santos, o vereador Sérgio Luiz da Silva Jesus fez indicação ao secretário de infraestrutura, Leonardo Abrantes que se estude a possibilidade de mudança no horário de trabalho dos Garis com início pela madrugada.

Segundo o vereador, a exposição dos servidores à altas temperaturas nesta época do ano, além do desconforto, é eminente o risco de desidratação e insolação. “No sentido de contribuirmos para a saúde desses funcionários, se entende que se faz necessária uma mudança no horário de trabalho desenvolvido pelos mesmos”, justificou o vereador.

Alexandre solicita intervenções em Ponta dos Castelhanos

Em sessão ordinária realizada no dia 05 de novembro, no plenário Urias Simões dos Santos, o vereador Alexandre Assad fez indicação ao Secretário de Infraestrutura e Obras, Leonardo Abrantes que avalie a possibilidade de eliminar a fiação aérea e passar para subterrânea no mirante da Ponta dos Castelhanos. O vereador também solicitou analise da possibilidade de realizar a reforma da creche da mesma comunidade.

A substituição da rede é justificada por se tratar de um ponto turístico com visão panorâmica privilegiada, a fiação aérea polui o visual dos turistas que ali frequentam tirando fotos para recordação do local explica Alexandre.

Sobre a creche, Alexandre defende a reforma: “Tal procedimento se faz necessário, vez que o estado de conservação daquele equipamento público requer tal intervenção no intuito de proporcionar segurança e bem-estar aos usuários daquele espaço público”, salientou.

Zé Maria pede médicos para Belo Horizonte e responde críticos

Em sessão ordinária realizada no dia 05 de novembro, no plenário Urias Simões dos Santos, o vereador José Maria Brandão fez indicação a Secretária de Saúde, Jaudete Silva Frontino para que providencie com urgência o restabelecimento do atendimento médico e aumente para dois dias a ida do médico nas comunidades de Belo Horizonte e Goembe.

O pedido do restabelecimento justifica-se pela ausência do médico nos últimos quinze dias e o aumento do número de dias para dois por semana é para melhor atender a demanda que já é grande e está aumentando ainda mais pela chegada de novos moradores.

O vereador também fez um desabafo sobre críticas quem vem recebendo em sua comunidade. “Meu pai, minha mãe e meus avós nasceram na comunidade de Belo Horizonte, e por qual motivo vou querer o mal para Belo Horizonte? Venho percebendo que a comunidade não é atendida, para prejudicar o vereador, e me pergunto, quem realmente a administração está prejudicando? ”, indagou.

Eu não sou oposição, eu sempre vou estar do lado do povo, pois sou filho da comunidade e também moro na comunidade. Não defendo grupo político, mas sim defendo a minha comunidade e todos os munícipes, concluiu Zé Maria.

Richard reitera planejamento de cargos e salários da Guarda Municipal

Em sessão ordinária realizada no dia 05 de novembro, no plenário Urias Simões dos Santos, o vereador Richard Costa fez indicação ao Prefeito Municipal de Anchieta, Fabrício Petri, que seja providenciado em caráter de urgência, o plano de cargos e salários dos agentes da Guarda Municipal de Anchieta, bem como a viabilidade da municipalização do trânsito.

Richard esclareceu que desde 2017 realizou indicações ao prefeito com o mesmo teor, porém mais uma vez, requer em caráter de urgência que o Executivo faça o planejamento de cargos e salários da Guarda Municipal.

O parlamentar também pediu que realize o estudo de viabilidade do trânsito municipal, uma vez que tal iniciativa sinaliza para a melhoria da qualidade de vida nas cidades, melhorando a circulação e reduzindo os acidentes, à medida que permite a discussão e a administração desses assuntos entre governantes e cidadãos que vivem mais proximamente problemas no trânsito.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*