Câmara de Anchieta não parou e vereadores indicam importantes projetos ao Executivo

Em sessão realizada online, a Câmara de Anchieta está se reunindo semanalmente

Diante da nova realidade do mundo, muitas mudanças foram necessárias no cotidiano. Na Câmara de Anchieta não foi diferente, os servidores dos gabinetes e parte do administrativo estão atuando em home office, enquanto isso, os serviços essenciais foram mantidos em turno único, somente pela manhã com o intuito de evitar aglomerações.

O regime de escala está sendo utilizado, para que as demandas não fiquem paralisadas. As sessões ordinárias e extraordinárias são realizadas de forma virtual, os projetos importantes continuam sendo analisados e aprovados ou não pelos parlamentares.

Somente nesse período de isolamento social, os vereadores analisaram 124 proposições, sendo 63 indicações, 18 moções, 11 projetos de lei e 16 requerimentos. Além de projetos de resolução e análises de contas.

Mesmo evitando a aglomeração, os parlamentares têm debatido projetos que tramitam pelas comissões da casa. “ Nesse período delicado de pandemia, a população pode contar ainda mais com a Câmara de Anchieta, vou colocar em pauta tudo o que for bom para a cidade”, afirmou o presidente Cléber Pombo.   

TESTES RAPIDOS

Em sessão ordinária realizada de forma virtual, os vereadores Renato Lorencini e Tereza Mezadri fizeram indicação ao Executivo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, pedindo a realização de testes para  diagnóstico  da Covid-19 em toda a população de Anchieta.

Em Anchieta, assim como em outras cidades  brasileiras, a  taxa  de  isolamento para combate à Covid-19 ainda não é a ideal, ao mesmo tempo em que observamos, a cada dia,  a  uma  escalada nos casos confirmados de  contaminação.  Os boletins epidemiológicos vêm alertando para o aumento do número de casos em todo o município, explicaram os vereadores.

Por sua vez, a Organização Mundial da Saúde e  os  principais  especialistas epidemiológicos  do  mundo  afirmam  que, enquanto  não  se  encontra  uma  vacina  nem  um tratamento  eficaz,  a  realização  de  teste em  toda  a  população  é  uma  das  estratégias fundamentais para frear a proliferação da Covid-19  em um território.

Desta forma, diante do agravamento do quadro de contaminação da Covid-19,dos  desafios  de  sensibilização  da  população face  ao  isolamento e com  fundamento  no Regimento Interno desta Casa, art. 95, III, c/c art. 123, requeiro à Mesa Diretora que seja encaminhada pelo Executivo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, indicação para investimentos  na aquisição  de  testes  para  serem  aplicados  em  toda  a  população para melhor diagnóstico e medidas de contenção da Covid-19, pediram Renato e Tereza.

Cleber solicita desinfecção de espaços públicos

Os vereadores Renato Lorencini e Tereza Mezadri fizeram indicação ao Executivo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, pedindo a realização de testes para  diagnóstico  da Covid-19 em toda a população de Anchieta.

A taxa de isolamento para combate à Covid-19 ainda não é a ideal na Terra do Santo José de Anchieta, ao mesmo tempo em que se observa uma  escalada nos casos confirmados de  contaminação pelo coronavírus.  Os boletins epidemiológicos vêm alertando para o aumento do número de casos em todo o município, explicaram os vereadores.

Diante do agravamento do quadro de contaminação da Covid 19,dos  desafios  de  sensibilização  da  população face  ao  isolamento e com  fundamento  no Regimento Interno desta Casa, art. 95, III, c/c art. 123, requeiro à Mesa Diretora que seja encaminhada pelo Executivo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, indicação para investimentos  na aquisição  de  testes  para  serem  aplicados  em  toda  a  população para melhor diagnóstico e medidas de contenção da Covid-19, pediram Renato e Tereza.

Vereador quer crédito de R$5 mil

O vereador Alexandre Assad fez indicação a Secretaria Municipal de Integração Desenvolvimento  e  Gestão  de  Recursos que  efetue  a criação  de  linhas  de  crédito  emergenciais  com  juros subsidiados  e  contratação desburocratizada,  oferecendo empréstimos aos pequenos empresários e afins.

A criação de linhas de crédito emergenciais com juros subsidiados, oferece empréstimo de até cinco Mil Reais com carência de um ano para pagamento. Tal linha de crédito seria disponibilizada a MEI’s, comerciantes, microempresários do setor de transporte escolar,  ambulantes  e  prestadores  de  serviços  em  geral  que  tiveram  suas  atividades  prejudicadas  ou paralisadas devido à pandemia de COVID-19. “Justifica-se o pleito exarado pela possibilidade de fomentar a economia, possibilitando aos  pequenos negócios  locais  a  possibilidade  de  manter  as  atividades  e  ter  condições  de  sustento  do  seu  negócio, consequentemente a manutenção de sua família em meio à crise instaurada devido a pandemia”, esclareceu Alexandre.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*