BRK Ambiental em Cachoeiro é finalista de premiação nacional

A BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim é finalista do Prêmio BRK Transforma 2020, que reconhece as ideias inovadoras desenvolvidas por funcionários das concessionárias do grupo em todo o Brasil. Com projetos desenvolvidos no ano passado, a unidade concorre em duas categorias: Institucional, com o projeto “Cine BRK Sustentável”, e Gestão, com o projeto “Autossuficiência energética através de usina fotovoltaica”. Os vencedores serão conhecidos no dia 22 de outubro.

Na etapa final da premiação, a concessionária de água e esgoto de Cachoeiro de Itapemirim concorre com projetos finalistas das unidades de Tocantins, Goiás, Limeira e com o próprio corporativo da BRK Ambiental. “Ser finalista já é um reconhecimento e estimula todos os nossos profissionais a desenvolverem soluções inteligentes que transformem não só o nosso modo de trabalho, mas também impacte positivamente a vida das pessoas. Atuamos com foco na excelência operacional, na melhoria contínua e na inovação”, afirma Bruno Ravaglia, diretor da BRK Ambiental.

O projeto “Cine BRK Sustentável” promoveu a reflexão de estudantes do 8º ano de sete escolas municipais de ensino, de seus familiares e de suas comunidades a respeito da importância dos serviços de água e esgoto para a saúde e o meio ambiente, além do papel da população para o bom funcionamento desses serviços. Os alunos participaram de oficina de produção de vídeo, foram a campo gravar imagens e fazer reportagens sobre o meio ambiente no entorno das suas comunidades.

“As gravações realizadas pelos alunos resultaram na edição de um vídeo com os melhores trabalhos selecionados pelas escolas municipais. Esse vídeo, que chamou a atenção para o nosso papel no meio ambiente e de que forma podemos contribuir para termos um ambiente mais saudável e equilibrado, foi exibido em sala de cinema comercial como encerramento do projeto. Foi um momento de emoção e que mostrou como o trabalho de educação ambiental é importante e gratificante”, afirma Rosa Malena Gomes de Carvalho, responsável pela área de Comunicação e de Responsabilidade Socioambiental da BRK Ambiental.

Já o outro projeto finalista de Cachoeiro de Itapemirim no Prêmio BRK Transforma, intitulado “Autossuficiência energética através de usina fotovoltaica”, possibilitou a diversificação na matriz energética da concessionária no município, com a implementação de uma fonte de energia limpa e renovável. Trata-se da primeira usina por meio de placas solares instaladas na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do distrito de Córrego dos Monos.

“Os nossos dois projetos finalistas demonstram como mantemos a sustentabilidade no centro dos nossos negócios. Estamos felizes com a indicação e com a possibilidade de sermos premiados”, finaliza Bruno Ravaglia.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*