Banestes bate recorde na concessão de crédito para mulheres empreendedoras

Em três meses de atuação de projeto de crédito para empreendedoras, cerca de mil mulheres abriram ou ampliaram seu próprio negócio com apoio do Banco

O projeto Crédito para Mulheres Empreendedoras, do Banestes, bateu o recorde na concessão de crédito para o público da ação. De setembro a novembro, foram liberados R$ 10,75 milhões em projetos, sendo que a meta para fechar o ano era de R$ 10 milhões. Cerca de mil mulheres abriram ou ampliaram seu próprio negócio com apoio do Banco.

O projeto está dentro do programa Agenda Mulher, lançado em setembro pelo Governo do Estado. Ele engloba operações de microcrédito e de créditos em parceria do Banestes com o Sebrae e tem como objetivos empoderar e dar visibilidade às mulheres através do empreendedorismo.

Mais da metade dos financiamentos no Programa Nossocrédito foram contratados por mulheres empreendedoras. Além dele, produtos da parceria com o Sebrae estão disponíveis para contratação.

“Tivemos um excelente resultado nesses três meses de atuação no programa. Atingimos a meta definida para 2019 um mês antes de acabar o ano. Nossa meta para 2020 é de conceder R$ 25 milhões em crédito para mulheres empreendedoras”, ressaltou a coordenadora de Controle de Operações de Microcrédito, Marcela Gomides Xavier, gerente do projeto no Banestes.

A gerente de Crédito Rural e para Investimentos, Daniela Aleluia Lana, destacou que o Microcrédito é uma importante ferramenta para que as mulheres iniciem ou ampliem sua jornada como empreendedoras. O produto representa geração de oportunidades, de desenvolvimento e de independência financeira.

“Sabemos que muitas mulheres sofrem violências físicas e emocionais por serem financeiramente dependentes dos seus parceiros. Incentivá-las a empreender através do crédito produtivo e orientado é uma grande força para buscarem serem donas do seu próprio dinheiro, fortalecendo-as cada vez mais”, frisou Lana.

Esses resultados foram apresentados no início do mês, em uma reunião de acompanhamento do projeto Agenda Mulher, no Palácio Anchieta. Além de colaboradores do Banco, participaram o governador Renato Casagrande e o presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

Estimativa

Iniciar um negócio com pouco ou quase nenhum dinheiro é a realidade de muitas brasileiras. O estudo Empreendedoras e seus negócios 2018, realizado pela Rede Mulher Empreendedora (RME), reforça essa estimativa. Segundo a análise, 37% das duas mil mulheres ouvidas abriram o negócio sem nenhum recurso.

Outras 17% recorreram ao dinheiro guardado na poupança e 13% ao próprio salário. Embora alarmante, o dado é a realidade de muitas mulheres empreendedoras. Principalmente pela falta de incentivo e de iniciativas para facilitar o ambiente empreendedor no Brasil.

O número de empreendedoras no Brasil só cresce a cada ano. Porém, mergulhar nesse mercado exige coragem, cautela e planejamento. E aí entra o papel importante de cada gerente da rede de agências para auxiliar no crescimento delas e, consequentemente, no do Banco.

Os produtos

Nossocrédito
• Valor máximo: R$ 21.000,00
• Prazo máximo: 24 meses para Capital de Giro e 30 para investimento fixo
• Carência: até 2 meses para Capital de Giro e 3 para investimento fixo
• Taxas de juros: a partir de 1,10% a.m.

Cred Giro*
• Valor máximo: R$ 150.000,00
• Prazo máximo: 36 meses
• Carência: até 6 meses
• Taxas de juros: a partir de 1,20% a.m.

Cred Investimento*
• Valor máximo: R$ 300.000,00
• Prazo máximo: 60 meses
• Carência: até 12 meses
• Taxas de juros: pré e pós-fixadas (vide Tabela de Encargos PJ)

*Crédito em parceria com o Sebrae.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*