Publicidade

Atleta olímpico Nacif Elias conquista medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu No-Gi, no ES

No último sábado (25), o atleta olímpico capixaba Nacif Elias conquistou uma medalha de ouro no campeonato brasileiro de jiu-jitsu No-Gi, no Espírito Santo. Após às olimpíadas de Tóquio, esta foi a primeira competição do atleta. Foram duas lutas duras de seis minutos para chegar ao pódio. 

E pode-se dizer que foi um momento de superação para o atleta: “Passei por momentos difíceis, mas Deus me deu forças e posso dizer que representou um recomeço para muitas vitórias!”, declarou Nacif. 

Ele também fez uma publicação em suas redes sociais, falando até que ficou com depressão:  

“Após os jogos olímpicos de Tóquio, eu acabei ficando em um período de depressão. E essa medalha  de hoje, no Campeonato Brasileiro de Jiu-jítsu No-Gi foi uma vitória, me tirou do buraco. Posso dizer que, mais uma vez, o esporte salvou a minha vida. Se não fosse o esporte, eu não teria saído da minha comunidade em Goiabeiras, ter conhecido 39 países, participado de 2 olimpíadas. Sou muito grato ao esporte, em ter transformado a minha vida. Vou continuar o meu trabalho de expandir o esporte, para que todos tenham acesso e terem a mesma oportunidade que eu tive. Dedico esta vitória primeiramente a Deus, a minha família, ao meu mestre Fred Zaganelli, aos amigos que me apoiam, a todos que acompanham o meu trabalho. Vou continuar treinando forte para chegar ainda melhor nas próximas competições, pois tive pouco tempo para me preparar nessa competição. Vai vir coisa boa, irei começar a fazer várias competições no jiu-jítsu. ” 

Nacif em breve irá montar a sua periodização e planejamento para as próximas competições de jiu-jitsu. 

Ele pretende organizar seus treinos no Espírito Santo. Fazer a parte física e treino específico de luta de segunda a sábado, em dois períodos de tempo, um pela manhã e outro a tarde.  

Nesses dois meses anteriores, ele estava fazendo apenas um treino por dia, e ele não se preparou para esta competição de sábado, devido ao período triste e depressivo que ele se encontrava. Pode-se dizer que ele ganhou na garra.  

Recentemente ele foi convocado para ser o coordenador do alto rendimento de judô do Espírito Santo. Então, até o final do ano, ele tem o comprometimento com a federação espírito-santense de judô.  

E em novembro, irá acontecer o campeonato brasileiro de judô. “Pretendo fazer história, trazer várias medalhas para o Espírito Santo, colocando o estado no lugar mais alto do pódio, pois tenho orgulho e honra em ser capixaba”, finalizou o atleta olímpico.  

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade