Política Municipal de Inovação de Vitória atrairá investimentos de empresas de tecnologia

Publicado em às 14:47.
Por Assessoria de Comunicação

Apresentação do Plano Municipal de Inovação no auditório da Findes

Empresários, sociedade civil e setor acadêmico da capital conheceram, na noite da última terça-feira (11), a Política Municipal de Inovação da Prefeitura de Vitória, que tem o objetivo de tornar a cidade mais atrativa a investimentos na área. O evento ocorreu na Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

Mais benefícios às empresas, financiamentos e ambientes públicos e privados voltados à inovação fazem parte das medidas e estratégias que serão implantadas.

A Política Municipal de Inovação foi construída pela Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV) em parceria com as secretarias municipais de Fazenda (Semfa) e de Desenvolvimento da Cidade (Sedec), além de diversos setores ligados ao segmento na capital.

Nova matriz econômica

“A nova matriz econômica para a capital, pós-Fundap, está no desenvolvimento da inovação e da tecnologia, além de gastronomia, turismo, serviços e comércio”, enfatizou o prefeito de Vitória, Luciano Rezende.

Ele adiantou ainda que, até o final deste ano, será disponibilizado ao mercado R$ 1,5 milhão por meio de edital para o desenvolvimento de startups, numa parceria entre a Prefeitura de Vitória e a Findes, através do Senai-ES. “Essa política de inovação vai consolidar esse ecossistema no qual Vitória está inserida, tornando-se cada vez mais uma cidade inteligente”, destacou.

Desenvolvimento

Para o presidente da Findes, Léo de Castro, a inovação é a área que mais oportuniza e a que mais cria condições para novos empreendedores na economia, gerando benefícios para toda a sociedade. “Acreditamos que a inovação é o caminho para um novo ciclo de desenvolvimento do Estado, e a cidade de Vitória é o local principal para desenvolver esse trabalho em prol desse segmento”, apontou.

O vice-presidente da Findes, Luciano Raizer, enfatizou que a Política de Inovação mostra com clareza as diretrizes e o apoio ao setor. “Isso torna Vitória ainda mais atrativa para os investimentos das empresas de tecnologia, somado aos habitats hoje existentes, como o Centro de Inovação, a Fábrica de Ideias, os instrumentos de benefícios como a redução de ISS, entre outros que virão”, disse.

Política de Inovação

A Política Municipal de Inovação foi apresentada pelo presidente da CDV, Leonardo Krohling, que destacou que a proposta seguiu as Diretrizes Estratégicas “Cidade Inteligente e Cidade Humana”, no âmbito do Planejamento Plurianual 2018-2021. “Vitória tem se desenvolvido como um terreno fértil para a inovação no Brasil, atraindo empresas desse setor e fortalecendo as que já estão aqui”, disse.

Para isso, foram definidos três temas de maior interesse tecnológico para a capital, que poderão conferir resultados para a sociedade: Cidades Inteligentes e Sustentabilidade; Metalmecânica e Logística; e Petróleo, Gás, Biocombustíveis e Energia. A base para a nova Política de Inovação foi elencada a partir de quatro pilares: Lei, Ambientes, Benefícios e Financiamento.

Projetos de impacto social e tecnológicos (startups 2,5), empresas em fase inicial (startups) e as empresas inovadoras que estejam e venham estabelecer sede em Vitória (spin off) estão entre as ações que serão contempladas pela nova Política Municipal de Inovação.

Fomento

A atualização da legislação vigente que envolve o segmento é uma das medidas que serão realizadas para que possam ser incluídos startups, ambientes colaborativos e investimento anjo, por exemplo.

“Um de seus objetivos é criar e consolidar ambientes de inovação através do fomento à pesquisa e ao desenvolvimento, capacitação especializada e instrumentos fiscais e financeiros. Essas ações contribuirão para novos negócios, surgimento de cadeias produtivas, criação de novas empresas e aumento na geração de renda em Vitória”, ressaltou o presidente da CDV, Leonardo Kroling.

Benefícios para as empresas

 

Para que as empresas possam participar da Política Municipal de Inovação, elas terão que assinar um termo de compromisso com a CDV e, após isso, passarão a ter acesso a diversos benefícios. Dentre eles, existirão os benefícios fiscais como o ISS, que será de 2% para as regiões do Centro (como já ocorre) e também para as regiões de Jucutuquara (Fábrica de Ideias) e da Grande Goiabeiras (Parque Tecnológico).

Além dessas regiões, espaços públicos e privados que desenvolvam as atividades de inovação poderão requerer os mesmos benefícios, desde que aprovados e reconhecidos pelo Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia. “Com essa nova alíquota de ISS, Vitória será mais competitiva que todas as cidades do Brasil”, destaca o presidente da CDV.

Financiamento

 

Dentre as fontes de financiamento disponíveis para as empresas, estão o Microcrédito, o Seguir Crescendo e o Inovacred, que possuem taxas diferenciadas para microempreendedor individual e também de pequeno porte.

Além desses, também será criado o Fundo Inova Vitória, com capital privado, mas com fim público, para a realização de investimentos em pessoas (programas Universidade Sem Prédio e Vix Cursos) e em empresas que forem apoiadas pela política municipal e que poderão participar de diversos programas de pré-incubação, pré-aceleração, incubação e aceleração, com a possibilidade de receberem investimentos diretos na empresa, com ou sem percentual da PMV/CDV (decreto Nº 9.283).

Também estará disponível o Fundo de Apoio à Ciência e Tecnologia (Facitec), que realizará os investimentos para fortalecer e ampliar a base técnico-científica existente no município.

Os recursos são destinados a bolsas de estudos, pesquisas científicas e eventos tecnológicos, como o Pibic Jr.; Bolsa de Mestrado e Doutorado; Bolsa Criativo; e Bolsa Startup, para startups capixabas e para aquelas que venham para Vitória, principalmente que tenham como foco solucionar os desafios de gestão da capital (edital em parceria com Findes/Senai-ES será publicado ainda este ano).

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*