PIÚMA – 10 tabletes de maconha apreendidos em uma mochila

Publicado em às 7:15.
Por Da redação

Se deram mal Lili e Rafael, foram detidos com 10 tabletes de maconha. Estão no xilindró, a disposição da justiça

A Força Tática da Polícia Militar – PM prendeu na tarde desta terça-feira, 11, Elielson, vulgo Lili e Rafael, no bairro Acaiaca, em Piúma. Na casa de Elielson foi aprendida uma mochila com dez tabletes de maconha, uma bucha da mesma substancia, dois pedaços de crack similar a uma caixa de fósforo, além de 14 pinos de cocaína, um revólver da marca Taurus, calibre 32, com 5 munições intactas e dois rolos de fitas utilizadas para embalar as drogas. Lili já é conhecido da PM por envolvimento no tráfico de drogas na região e possui antecedentes criminais.

A prisão foi realizada após denúncias anônimas dando conta que Elielson Calheiros Soares, Lili pratica o tráfico de drogas e que chegaria uma grande quantidade de entorpecente nesta terça. A equipe da Força Tática, a bordo da RP 3490, realizou Patrulhamento Tático Móvel a pé e observou o endereço de Elielson, que fica na Av. Beira Rio, precisamente no beco ao lado do Açougue de Carnes Suínas. Após alguns minutos de observação Lili foi visto entrando em sua residência carregando uma mochila, tendo logo em seguida chamado Rafael para ir até sua casa. Lá Lili e Rafael conversaram por alguns minutos e começou a olhar o que estava na mochila, momento que a PM conseguiu ter a certeza que o material dentro da mochila se tratava de vários tabletes de material análogo a maconha. “Com tranquilidade para não expor a qualquer tipo de risco os outros moradores do local esperamos um momento oportuno para realizar a prisão de Elielson e Rafael e no momento que os dois saíram da casa para ir ao terreno ao lado anunciamos a presença da Polícia Militar e efetuamos a prisão de ambos”, narra o Boletim de Ocorrência – BO.

Na hora que foi preso, Lili engoliu uma bucha de maconha e ofereceu pouca resistência à abordagem, por outro lado Rafael tentou evadir e dissimular a guarnição, porém foi detido.

Elielson confessou que na mochila tinha 4 quilos de maconha e 50 gramas de crack, já o Rafael foi por diversas vezes alvo de denúncias que narravam sua associação com Lili para o comércio ilegal de entorpecentes, tendo eles inclusive com ponto de venda de drogas a ilha do Gambá na cidade de Piúma, local onde recentemente ocorreu um homicídio por arma de fogo com o mesmo calibre da apreendida com Lili. Elielson e Rafael foram conduzidos com uso de algemas para evitar fuga e resguardar a integridade física de todos e apresentados a Autoridade Policial de Plantão, na Delegacia de Itapemirim sem lesões ou maus tratos e estarão vendo o sol nascer quadrado a partir desta quarta-feira, 12. O crime, não compensa1

 

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*