Mais de 300 pessoas desaparecidas em Brumadinho

Publicado em às 9:17.
Por g1 Globo

Barragem da Vale se rompe em Brumadinho, Grande BH; há 9 mortos e mais de 300 desaparecidos

RESUMO

  • Uma barragem da mineradora Vale se rompeu ontem, em Brumadinho, Região Metropolitana de BH.
  • A Vale informou que o rompimento ocorreu no início da tarde, na Mina Córrego do Feijão; uma barragem rompeu e fez outra transbordar.
  • Um mar de lama destruiu casas da região. Rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco.
  • Há 9 mortos e de 300 a 350 desaparecidos. Nove pessoas foram resgatadas com vida da lama e mais de 100 que estavam ilhadas também.
  • Governo federal montou gabinete de crise; Bolsonaro irá sobrevoar o local hoje.

ACOMPANHE

O Corpo de Bombeiros de São Paulo está mobilizado para dar suporte ao desastre em MG com 37 Bombeiros, 11 viaturas, entre elas viatura abastecedora, mecânica volante, caminhão com material operacional, canil, 2 cães, 2 Drones, entre outros materiais.

Darcília Oliveira Nascimento Silva e José Ferreira da Silva têm esperança de que o filho seja encontrado após o desastrem em Brumadinho

Darcília Oliveira Nascimento Silva e José Ferreira da Silva têm esperança de que o filho seja encontrado após o desastrem em Brumadinho (Foto: Raquel Freitas/G1)

A auxiliar de serviço básico Darcília Oliveira Nascimento Silva, de 49 anos, e o pedreiro José Ferreira da Silva, de 55 anos vivem a agonia da espera. O casal diz que o filho deles, Josué Oliveira da Silva, de 27, está entre os desaparecidos.

O jovem prestava serviços na mina pela segunda temporada como soldador. Segundo o casal, desta vez, ele havia começado a trabalhar na semana passada na unidade da Vale.

Com lágrimas nos olhos, Darcília conta que, ao chegarem ao hospital nesta manhã, ela e o marido fizeram um cadastro junto à assistente social, informando os dados do filho. A última vez que falaram com o rapaz foi na quarta-feira, à noite. “O telefone toca, toca, mas….”, disse José. Apesar da falta de contato e informações, ele se diz esperançoso.

fonte: G1

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*