Literatura, música e cinema para celebrar Rubem Braga

Publicado em às 18:25.
Por Assessoria de Comunicação

Show de jazz com Afonso Abre Trio será uma das atrações de sarau dedicado ao escritor

Nesta quinta-feira (10), a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) de Cachoeiro promove o sarau lítero-musical “Braganiano: Viva a Vida!” em comemoração aos 106 anos do cronista Rubem Braga (1913-1990).

O evento, que faz parte do calendário do Circuito de Verão da Semcult, será na Casa dos Braga (rua 25 de Março, Centro), a partir das 18h, com entrada gratuita.

A programação será aberta com o lançamento do blog de crônicas “Nas Asas da Borboleta Amarela”, destinado a publicação de textos escritores da cidade, como parte das ações pré-Bienal Rubem Braga 2020.

Na sequência, será exibido o longa-metragem “Rubem Braga: Olho as Nuvens Vagabundas”, do diretor André Weller. No filme, amigos ilustres do escritor discorrem sobre o convívio com ele, em depoimentos que têm como cenário a famosa cobertura do ‘sabiá da crônica’ em Ipanema, onde ele morou por muitos anos.

Às 19h, o Grupo Anônimos de Teatro vai interpretar a leitura “Rubem: Passado a Limpo”, baseada numa entrevista da escritora Clarice Lispector (1920-1977) ao cronista cachoeirense. A performance mesclará artes cênicas e música.

Às 20h, tem show de jazz com o Afonso Abreu Trio, de Vitória, formado pelo contrabaixista Afonso Abreu, sobrinho de Rubem, Marco Antônio Grijó, na bateria, e Pedro de Alcântara, no piano.

Quem não conseguir participar do sarau na quinta-feira ainda terá a oportunidade de assistir ao filme sobre Rubem Braga em sessões na sexta (11), às 10h e às 15h, e no sábado (12), às 10h, também na Casa dos Braga.

Rubem Braga

Nascido em 12 de janeiro de 1913, em Cachoeiro, foi criado no casarão da rua 25 de Março, no Centro, que hoje leva o nome da família. Iniciou-se no jornalismo ainda em Cachoeiro, aos 15 anos, no jornal Correio do Sul. Com passagem pelos principais jornais do país, Rubem ganhou reconhecimento nacional com a crônica, que ajudou a consolidar como gênero literário. Autor de mais 15 mil textos, faleceu em 19 de dezembro de 1990.

Circuito de Verão

Além do sarau, o Circuito de Verão promove, neste mês, passeios guiados pelos centros culturais da cidade, com o projeto “Doce Terra Onde Eu Nasci”, nos dias 11, 19 e 25; o “Cachoeiro canta o Rei”, no dia 17, a partir das 19h, na Casa de Cultura Roberto Carlos, onde grandes sucessos do artista cachoeirense serão interpretados pela cantora Paula Ferreira; e uma excursão pela região turística dos Vales e do Café, no dia 26. A programação do projeto foi aberta com o 1º Encontro Regional de Folia de Reis, no último domingo (6).

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*