Editorial

Publicado em às 8:05.
Por Da redação

Pais filhos da mãe

Escrever sobre o Dia das Mães é por demais belo, ainda mais se for um poema. O jornal lançou no último dia 26 a IV Edição do Concurso de Poesia: Mamãe, minha inspiração é você e estará recebendo até o dia 10 de maio os poemas que os estudantes das escolas municipais, estaduais e particulares estão produzindo em homenagem as suas mães.

O objetivo do Concurso, segundo a editora do jornal, Luciana Maximo é homenagear as mães com um belo presente, um poema – que retrate a sua importância, a sua grandeza. Neste ano, o regulamento abre uma lacuna para que as produções também homenageie aquelas que fazem o papel de mãe e não geraram.

Mas, Filhos da Mãe, tema da Reportagem especial traz um assunto não muito comum em editoriais jornalísticos, já que trata das mães abandonadas pelos pais de seus filhos. Trata-se de filhos que sequer conheceram os pais.

O jornal quer resgatar a essência do ser mãe, o jornal quer provocar sentimentos e reflexões sobre a grandiosidade do tema. Não basta apenas comprar um presente caro ou mais em conta e entregar a sua mãe. Muitas mães merecem mais que presentes que o dinheiro possa comprar, por isso, o poema e o poema será o presente. O poema pode comprar emoções, risos, choros…

Mas, filhos da mãe caiu muito bem no contexto de tantas mães. Mães que nesta data não terão seus filhos, aqueles que se tornaram pais e esqueceram seus filhos, abandonaram. Aqueles que é preciso a justiça interferir e mandar prender para ele pagar a pensão e dar de comer ao filho, que muitas das vezes ele o renega.

Filhos da mãe: que sequer sabe o que é fazer uma rabiola de uma pipa junto com o seu menino, não sabe quando custa uma caixa de lápis de cor, não tem ideia que o número do pé da sua filha cresceu e nem sabe que a corrente da bicicleta do menino está enferrujada. Não sabe de nada, nunca foi a escola ver os filhos, levar ou buscar. Nunca soube o que é soletrar uma palavra para eles aprenderem a ler o mundo. Esses filhos da mãe, certamente não vão lembrar de suas mães e se lembrarem, serão hipócritas, pois ignoram a mãe de seus filhos. Filhos da mãe!

E para as mães, e “pães”, o pai que é mãe, o abraço do Jornal Espírito Santo Notícias que estará presenteando mais de 25 mães com poemas e presentes…

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*