Acusado de assassinar 4 pessoas é preso em Piúma, após intenso tiroteio

Publicado em às 7:58.
Por Luciana Maximo

O bandido foi surpreendido logo pela manhã, trocou tiros com a PC, tentou fugir pulando no rio, mas foi detido em Piúma. Ele tem passagens por quatro homicídios, porte e posse ilegal de arma de fogo, receptação e roubo majorado.

 

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha efetuou a prisão de Harison Matias Maia, de 37 anos, nesta sexta-feira (05). O suspeito detido é acusado de chefiar o tráfico de drogas da região de Aribiri, em Vila Velha. Ele estava com dois mandados de prisão em aberto por homicídio qualificado e um pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. A prisão foi realizada em Piúma e contou com o apoio da equipe da Força Tarefa do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

O responsável pela DHPP, delegado Gianno Trindade, contou que o bandido estava escondido nas Areias, local mais conhecido do bairro Piuminas onde ele foi capturado após um cerco ser montado com vários policiais civis. Há meses Harison estava escondido em Piúma. “Nós recebemos algumas denúncias e nos dirigimos ao local para cumprir os mandados. No momento da prisão ele mostrou resistência, tentou fugir e houve perseguição. O suspeito chegou a pular de um prédio de dois andares e caiu em um rio, mas foi detido pelos policiais. Ele estava com uma arma de fogo que foi descartada dentro do rio”, relatou.

Gianno Trindade contou que o detido tinha passagens por outros crimes. “O detido tem passagens por quatro homicídios, porte e posse ilegal de arma de fogo, receptação e roubo majorado. De acordo com as investigações, ele é um dos responsáveis pelo acirramento da guerra do tráfico entre os bairros Aribiri e Jaburuna, ocorrido no início do ano”, ressaltou.

Harison Matias Maia foi indiciado por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*